Guajeru: Eleitores têm até o dia 18 de fevereiro para fazerem o recadastramento biométrico


A estimativa do Cartório Eleitoral da 93ª Zona, que compreende os municípios de Caculé, Guajeru, Rio do Antônio e Ibiassucê, é de que pelo menos 10.000 eleitores deixem de recadastrar o seu título e fiquem impedidos de votarem em prefeitos e vereadores nas eleições municipais do dia 04 de outubro deste ano. Só em Guajeru este número pode chegar a pouco mais de 2.200 eleitores.

O prazo final para o recadastramento biométrico é no dia 18 de fevereiro e os eleitores que não regularizarem sua situação até esta data terão o título cancelado.

O Cartório Eleitoral da 93ª Zona tem usado as mídias sociais, veículos de comunicação e carro de som para divulgar a programação e evitar que os eleitores deixem de fazer o recadastramento dentro do prazo.

Em Guajeru um posto de atendimento foi instalado para dar celeridade ao recadastramento, trazendo também mais comodidade para que os eleitores do município não precisem ir a Caculé para fazer o recadastramento.

O eleitor que não fizer o recadastramento, além de ter o título cancelado, terá dificuldade de receber salários e aposentadorias, não poderá tirar passaporte, inscrever-se em concursos públicos, matricular-se em instituições públicas de ensino e receber programas sociais do governo (como Bolsa Família), além de correr o risco de ter o CPF suspenso.

Esta última fase do recadastramento biométrico está priorizando o agendamento, que pode ser feito através do site https://agendamento.tre-ba.jus.br/agendamento/publico/index.jsp ou pelo telefone: (77) 3455-1199. No ato do agendamento o eleitor deverá apresentar o número do título. Caso não possua a inscrição eleitoral ou não saiba o número, deverá informar o número de CPF, a data de nascimento e nome completo dos pais.

Comentarios